Paulo Diniz 1971 Paulo Diniz


Paulo Diniz (Pesqueira, Pernambuco, 24 de janeiro de 1940).foi para o Recife trabalhar como crooner e baterista em casas noturnas. Foi locutor e ator de rádio e televisão, em Pernambuco e no Ceará. Em 1964 foi para o Rio de Janeiro, onde consultou a Rádio Tupi e passou a compor com mais freqüência. Sua primeira gravação saiu em 1966, com a música O Chorão.

Quatro anos depois lançou dois LPs, e em seguida dedicou-se à tarefa de musicalizar poemas de língua portuguesa de autores como Carlos Drummond de Andrade (E Agora, José?), Gregório de Matos (Definição do Amor), Augusto dos Anjos (Versos Íntimos), Jorge de Lima (Essa Nega Fulô) e Manuel Bandeira (Vou-me Embora pra Pasárgada).

Suas músicas foram gravadas por Clara Nunes, Emílio Santiago, Simone e outros. Entre seus sucessos destacam-se Pingos de Amor, gravado por vários intérpretes, Canoeiro, Um Chopp pra Distrair, I Want to Go Back to Bahia (uma homenagem a Caetano Veloso, então exilado em Londres) e Quem Tem um Olho É Rei, todas em parceria com Odibar.

Atualmente Paulo Diniz continua realizando apresentações, com a mesma voz vibrante de antes, porém numa cadeira de rodas, já que contraiu uma misteriosa doença em 2005 que paralisou seus membros inferiores.
Fonte: Wikipédia
Deste disco destacamos a musica Pingos de Amor que é a versão original porque as regravações posteriores que vieram em coletâneas dele vieram mais rápidas, o porque não se sabe mas tem sido uma pratica muito comum, alias tem muito álbum regravado com o tempo das musicas alterado, talvez até para preservar o original quem sabe.
Continua no próximo post.


Lado um
O meu amor chorou.
Pingos de amor.
Canoeiro.
Velho solar.
Rosa da fonte
Asa branca.

Lado dois
Verei verei.
Caminhado pelo parque.
Metrô.
Debandada geral.
Viva maria.
Canção do meu amor.

Link do Arquivo.
Share on Google Plus

About Francisco

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :